• Eduardo Mello

AZURITA



É necessário ir mais profundo em nossa mente, identificar e descartar crenças limitantes para que lembremos que NÓS CRIAMOS tudo a nossa volta. Não há vítimas, e assim como criamos, podemos mudar essa criação se mudarmos a MATRIZ de nossos pensamentos.

A Azurita é um cristal de um tom azul bem intenso, relativamente frágil, e proveniente do Marrocos. Na verdade existem outros países famosos por suas azuritas como a Australias e suas azuritas em forma de “disco voador”, mas a marroquinas acabam sendo as mais comuns do mercado.


É um cristal essencial no kit dos sete chakras, sendo o responsável pelo equilíbrio do sexto chakra, o da testa. Se pudéssemos resumir poderíamos dizer que é o melhor cristal para trabalhar crenças limitantes e para trazer clareza mental.


Ela possui a capacidade de penetrar nas camadas da mente para ajudar a ver o que nos impede de realizar nosso maior potencial. Ela ajuda a ir dissolvendo essas camadas de crenças desalinhadas com a nossa verdade e que nos afastam de nós mesmos.

Como vivemos em comportamentos de massa, doidos para pertencer a algum grupo, com “pactos” familiares que são passados de maneira inconsciente e bombardeados com informações prontas que não nos estimulam a pensar, acabamos por tomar diversas “não verdades” por verdades absolutas, e isso acaba por nos impedir de seguir pelo nosso caminho, que é único.

Quantas crenças não temos sobre “dinheiro sujo”, homens que não prestam, políticos serem todos corruptos, felicidade vindo de bens materiais e assim vai. Crenças que herdamos e deixamos entrar, ou que aprendemos através de traumas passados. Todas elas precisam ser revisitadas, analisadas e organizadas, para que possamos, através do “conhece-te a ti mesmo”, separar o “joio do trigo” interno, para que não sejamos vítimas de nós mesmos.

O trabalho profundo com a azurita permite que essas crenças possam, no devido tempo, ser identificadas e substituídas por pensamentos mais construtivos e alinhados com o Eu verdadeiro da pessoa. É claro que esse processo é lento e precisa ser feito com disciplina e quase sempre com a ajuda de um terapeuta, mas a Azurita é uma grande “parceira” nesse trabalho.


Em uma oitava mais baixa, esse cristal pode ser utilizado para desenvolver o foco, a concentração e a memória, sendo, por este motivo, muito indicada para ajudar os estudantes, em qualquer fase da vida. Para este fim, pode ser usada sozinha ou em conjunto com a sodalita para ajudar na organização mental e ou o citrino natural para auxiliar na digestão de todo o conteúdo estudado.



27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

VIVIANITA

VANADINITA