• Eduardo Mello

GRANADA (VERMELHA)



Movimento, dinamismo e fluidez, essa é a essência da Granada.


O nome Granada se refere a uma família muito extensa e que possui exemplares de diversas cores, como a Verde, Marrom, Roxa, Vermelha e assim vai. A variedade mais usada é a de cor vermelha, que pode ser translúcida ou as vezes se apresentar de maneira opaca e escura, chegando quase a um tom de preto.


É um dos cristais básicos na cristaloterapia e, depois do Rubi, é o cristal mais utilizado para trabalhar o chakra básico. Sua energia está muito ligada ao elemento fogo, e justamente por isso pode ser usada sempre que as qualidades desse elemento se fizerem necessárias.


De maneira geral a Granada é utilizada para ajudar a pessoa a sair de momentos de estagnação, procrastinação e apatia. Com seu movimento fluídico ela ajuda a pessoa a ancorar uma energia mais viva, mais dinâmica e que a impulsiona a agir, sair da zona de conforto.


Há momentos na vida em que nos sentimos sem motivação, com um olhar meio acinzentado das coisas, sem criatividade para gerar o novo, e sem vontade de enfrentar os desafios impostos pelas circunstâncias. Sempre que faltar energia para essas tarefas, quando for necessário arregaçar as mangas e enfrentar as adversidades, a Granada poderá ser um cristal de grande ajuda.



109 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

VIVIANITA

VANADINITA