• Eduardo Mello

LEPIDOLITA - MICA LILÁS




Da liberação emocional ao corpo causal.



Este cristal faz parte da família das Micas, sendo sua variedade lilás, algumas variedades podem puxar para o rosa. Sua característica física mais marcante é que, quando encontrada bruta, apresenta diversas “placas”, ou folhas sobrepostas, que formam os cristais maiores. Ela é uma junção de diversas dessas folhas fininhas sobrepostas, e essa característica nos ajuda a entender uma de suas funções, a liberação das camadas emocionais que impedem a pessoa de acessar seu coração.


Podemos dizer que esse cristal possui duas aplicações principais, sendo a primeira no nível emocional e a segunda no existencial/espiritual. No nível emocional é um cristal que auxilia nas retiradas das camadas de “proteção” que são criadas em volta do corpo emocional da pessoa sempre que ela precisa se proteger de algum evento adverso e traumático. Essas camadas de proteção são criadas para evitar maiores sofrimentos naquele determinado assunto, porém, ao mesmo tempo que criam uma certa proteção emocional, elas também dificultam o acesso à essência da pessoa, pois elas vão encapsulando seu corpo emocional e afastando a pessoa de suas emoções mais verdadeiras.


Assim como nos cristais físicos, a Lepidolita auxilia na identificação de cada uma dessas camadas emocionais, para que a pessoa possa trabalhar, camada por camada, tudo àquilo que a impede de acessar seu coração, sua essência.



O segundo ponto mais trabalhado deste cristal é sua possibilidade de ajudar na conexão com o corpo causal, “local” ou corpo sutil aonde guardamos tudo o que de proveitoso aprendemos em todas as nossas existências. Ou seja, é uma parte de nosso ser superior, espiritual, que dá acesso à toda nossa bagagem de Alma e que, quando acessado, pode ajudar nas escolhas mais assertivas para a nossa vida. Ao acessar esse nível de nossa consciência, fica mais fácil entender a nossa história e “ajustar a rota” para que ela esteja alinhada com o nosso propósito de vida.


É importante frisar que esses acessos ao nível causal, à essas diretrizes internas da Alma, raríssimas vezes se dão no nível consciente. Quando o fazemos, através de meditações e interação com esse e outros cristais, a informação passa para o nível subconsciente e emerge aos poucos, através de insights, sinais e sonhos.


De forma geral o trabalho com a Lepidolita demanda tempo, pois ela atua em níveis muito profundos e delicados, e para que surta os efeitos desejados, esse trabalho não pode ser feito com pressa.

93 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

VIVIANITA

VANADINITA