• Eduardo Mello

OBSIDIANA NEGRA

Atualizado: 9 de jul.




A essência de um vulcão.

A Obsidiana é uma pedra um pouco diferente das demais que estudamos até aqui. Ela não é considerada um cristal, pois não possui estrutura cristalina. Isso quer dizer que seus átomos não estão ordenados segundo um retículo cristalino, eles estão desordenados, com um vidro. Ela é considerada um vidro vulcânico, ou seja, é magma resfriado de maneira rápida, que não teve tempo de organizar seus átomos para formar uma estrutura cristalina.


Do ponto de vista terapêutico, a energia da obsidiana é bastante intensa, ela carrega em si a energia dos vulcões, do magma, quente e explosivo. Seu movimento é o mesmo de uma explosão vulcânica, de expelir, colocar para fora, muitas vezes sem muita organização, meio caótico (pense em uma explosão de um vulcão).


Em termos objetivos, essa leitura da Obsidiana nos diz que, por ser de cor preta, ela acessa as sombras, a parte escondida de cada ser humano, que ele evita reconhecer que possui, e que fica escondido em algum ponto de sua estrutura psíquica. Ao acessar as sombras, ela vai ajudar a expelir essas informações, para a luz, para não ficarem escondidas causando prejuízos para a pessoa sem que ela se dê conta.


O problema é que esse movimento da obsidiana pode ser intenso demais, jogando muita informação de uma vez para a estrutura psíquica da pessoa poder assimilar e trabalhar. Sua natureza vulcânica e sem estrutura cristalina, acaba sendo intensa demais para a grande maioria das pessoas. Justamente por isso, a maioria dos terapeutas prefere trabalhar com cristais que atuam no mesmo ponto (sombras) mas de maneira mais amena, como o Quartzo Fumê. Este cristal acessa os mesmos níveis profundos das sombras, mas ao trazer as informações para a mente consciente, o faz de maneira mais suave e menos explosiva.


A Obsidiana é uma pedra muito interessante e que merece muito respeito. Não necessariamente há a necessidade de ter medo dela, como é muito comum nesse meio, é preciso apenas compreender sua natureza, para que ela seja usada na hora certa, para ajudar no processo terapêutico e não atrapalhar.



123 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

VIVIANITA

VANADINITA