• Eduardo Mello

SAFIRA AZUL


"Ela convoca à REALEZA INTERNA para dignificar a VIDA através da AÇÃO".



A Safira Azul é a “irmã” do RUBI, pois ambas fazem parte da família do Coríndon. Sendo a de cor vermelha chamada de Rubi e a Azul de Safira. Os locais de maior incidência são a Índia e algumas regiões da África, mas já foram achadas Safiras de menor qualidade aqui no Brasil, na região da Bahia (VER FOTO ACIMA, O CRISTAL DO CENTRO É DO BRASIL, AS DAS LATERAIS SÃO INDIANAS).


Energeticamente a Safira traz a força para se manter firme em seu propósito de vida, mesmo quando as adversidades chegam para tentar desviar o caminho. Atua estruturando o sistema energético de modo que ele fique mais íntegro e coeso para ter uma capacidade maior de resiliência. De um ponto de vista um pouco mais espiritual, a Safira está ligada à energia do primeiro raio divino, de cor azul, e trabalha os atributos de FORÇA, PODER e VONTADE. Esse raio, e a Safira, carregam a energia de INICIAR, quebrar o velho e abrir as portas do novo. Uma energia de grande mobilização e força, para que as cascas do velho sejam rompidas e a nova trilha seja criada.

A Safira carrega em si a energia de IMPULSIONAR (tipo chute na Bun…), especialmente nos momentos aonde há certo desânimo, a pessoa já sabe o que precisa fazer e para onde tem que ir mas, ao ver o tamanho do desafio, se desencoraja e tende à inércia.

Usar a Safira é se reconectar à VONTADE do ESPÍRITO, à mobilização das energias da ALMA para superar todos os obstáculos que a vida nos apresenta para que possamos treinar nossa capacidade de AÇÃO e VONTADE, imprescindíveis para nossa evolução pessoal.


Ela convoca à REALEZA INTERNA para dignificar a VIDA através da AÇÃO.



47 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

VIVIANITA

VANADINITA